Ê lelê, sente-se, aproveite, é de graça!

Blog com fatos da minha vida pessoal, e coisas que eu gosto ...

Notícias, sexo, amor, pesquisas da internet, amizade, gargalhadas, vídeos, música e blá blá blá

Pequenos fragmentos, da minha nada mole doce vida ...

Sejam bem-vindos!!

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Ai, o amor, a saudade, e as lembranças

Eu fico observando os casais de namorados.
Os que namoram há pouco tempo, ainda estão naquela fase do conhecer, entender, do grude, do querer ver toda hora. Cada palavra de um, vale um sorriso e um beijo do outro.
Os que namoram há muito tempo, já 'conhecem' bem as manias um do outro, já estão acostumados as conversas, e muitas vezes até completam a frase do outro. Ainda se abraçam, e beijam, mas não tem necessidade de fazer isso o tempo todo, em público.
Eu fico lembrando dos meus namoros, foram só dois, mas tenho muitas lembranças, boas e ruins.
Eu estou solteira, e estou feliz. Antigamente, eu ficava com pessoas que não tinham nada haver comigo, só pra não estar sozinha. Acabava me arrependendo, porque era uma perda de tempo. Mesmo estando com alguém, estava sozinha. Agora, com 22 anos, estou solteira, e sem nenhuma perspectiva de namoro, ou de um carinha interessante. Porque agora eu só quero se for uma pessoa parecida comigo, de preferência da mesma religião, que goste das mesmas músicas, acho que assim vai ser um pouco mais fácil. Não vou mais ficar me envolvendo em relacionamentos sem futuro.
Algumas pessoas acham que pra ser feliz é preciso estar namorando, ou ficando com alguém. Eu quero namorar, encontrar alguém pra casar, ter filhos, mas nesse momento, estou melhor sem namorado. Minha mãe já está meio que cobrando isso de mim. Que eu constitua uma família. Na época dela as moças se casavam cedo, mas eu ainda sou muito nova pra isso, e ela vai ter que "segurar" esse sonho de ser avó por um bom tempo. Sou feliz compartilhando momentos de alegria com minha família e meus amigos. Com eles posso conversar, ir pro meu templo de oração, desabafar, ouvir música, ficar em casa, sair de vez em quando... Com o meu primeiro namorado eu saia muito, mas tinha tanta piriguete atrás dele que acabava rolando um stress. Com o meu segundo namorado eu só saia pra jantar ¬¬ Ele não gostava  de festa, então raramente nós saíamos pra algo badalado. Depois que eu terminei saí bastante, e aproveitei o que deixei de aproveitar durante o namoro.
Eu não sei o que me espera, o que eu combinei antes de reencarnar, mas espero que seja com alguém do jeito que eu quero. Sei que deve parecer bobo pra maioria das pessoas, ficar pensando nessas coisas, mas quem não pensa?! Amar é tão bom. Enquanto meu amor de verdade não aparece, ou volta pra mim, vou compartilhando amor com as pessoas maravilhosas que estão ao meu redor, amigos e família.
Há uns três meses eu fui a um show do Frejat. Eu adoro as músicas dele, e o show foi ótimo. Uma das minhas músicas favoritas dele, é Túnel do tempo. Enjoy:
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí, o que você acha?